Pesquisar este blog

quarta-feira, 23 de junho de 2010

OPERAÇÃO SHAOLIN


Uma investigação deflagrada pela Polícia Civil do Distrito Federal no início de abril, batizada de Operação Shaolin, prendeu cinco pessoas, apreendeu documentos e colheu depoimentos sobre o destino de quase R$ 3 milhões repassados pelo ministério a duas associações de kung fu de Brasília. O relatório final da operação compromete Agnelo com um golpe milionário e sugere o envio das informações ao Ministério Público Federal (MPF) para que a investigação seja aprofundada. Os desdobramentos do caso dirão se o ex-ministro terá condições de se livrar das graves acusações ou se ele aumentará a lista dos políticos de Brasília flagrados com a mão no dinheiro público.


ACUSAÇÃO
No inquérito, o delegado afirma que Agnelo “teria se valido da condição de ex-ministro” para ser favorecido pelo esquema de corrupção. Agnelo negaÉPOCA teve acesso ao relatório da Polícia Civil. “Os indícios preliminares colhidos sugerem que Agnelo Queiroz teria se valido de sua condição de ex-ministro do Esporte para se beneficiar de um suposto esquema de desvio de recursos pertencentes a associações que receberam verbas do programa Segundo Tempo”, afirma, no documento, Giancarlos Zuliani Junior, o delegado responsável pela investigação. A origem das irregularidades foi o repasse de R$ 2,9 milhões para a Federação Brasiliense de Kung Fu (Febrak) e para a Associação João Dias de Kung Fu. O maior convênio, de R$ 2 milhões, foi assinado em 2005 pelo então secretário executivo da pasta e atual ministro, Orlando Silva, com a Febrak. A federação teria de desenvolver atividades desportivas com 10 mil alunos da rede pública de ensino enquanto não estavam em sala de aula. O segundo convênio, de R$ 920 mil, foi firmado com a associação em 2006, quando Agnelo não era mais ministro do Esporte. Segundo a polícia, as associações, presididas pelo policial militar, professor de kung fu e suplente de deputado distrital João Dias (PCdoB), se apropriaram de R$ 2 milhões dos convênios sem prestar os serviços combinados.
(por Murilo Ramos e Mrcelo Rocha)

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Discurso sobre os esportes na convenção estadual do PSOL


Bom dia companheiros e companheiras!
minhas saudações socialistas.
CAMARADAS!
Fazem 16 anos que dou aula em academias e vivo dentro do esporte.
Por isso posso afirmar com muita propriedade que podemos mudar a
nossa sociedade atravéz do esporte.Podemos tirar nossas crianças das ruas
e dar a elas uma outra percepção de mundo,criar uma nova conciencia.
Estudos realizados pela ONU mostram que o esporte é uma importante ferramenta
de inclusão social que deve estar alinhada aos institutos de educação que hj se encontram precarizados em quase todos paises do mundo.
Apesar do fundamento do esporte ser o desenvolvimento fisico e da saude,ele
também agrega outros valores que são importantes para o desenvlvimento social.
disciplina e responsabilidade
respeito ao próximo
consciencia de uma vida saudavel,são apenas alguns itens que posso relacionar quanto a pratica esportiva.O camarada Ernesto Che Salientava a importância dos incenticos morais na construção do homem novo e isso nós podemos fazer atravéz do esporte.
Os eventos esportivos apróximam as pessoas,as tornando mais tolerantes umas com as outras,apesar de suas diferenças culturais tão complexas as deixando mais sociaveis,como por exemplo nas olimpiadas,ou como quando a seleção iraquiana foi campeão da copa Asia unindo sunitas,xiitas,curdos e cristãos povos que vivem em guerra civil mas se uniram atravéz do esporte e formaram um time campeão.
O esporte também é uma importante ferramenta politica,como fez os EUA ao boicotar as olimpiadas em Moscou e vice-versa fez os soviéticos ao boicotarem as olimpiadas em Los Angeles.E ainda é uma poderosa arma de protesto como fizeram os americanos ao subirem no pódium em 1968 e ergueram as mãos vestidas de com luvas negras ,em protesto ao racismo que que existe nos EUA e no resto do mundo até os dias de HJ.
BUENAS CAMARADAS!
Meu nome é Fabian Tubino,sou socialista,sou PSOL e sou pré-candidato pela cultura e pelo desporto.

Che,Fidel eo camarada joão Ezequiel


(TRECHO DA CARTA DE CHE A FIDEL)

Neste momento lembro-me de muitas coisas - de quando o conheci no México, na casa de María Antonia, quando me propôs juntar-me a você; de todas as tensões causadas pelos preparativos......



Recordando minha vida passada, acho que trabalhei com suficiente integridade e dedicação para consolidar o triunfo revolucionário. Minha única deficiência grave foi não ter tido mais confiança em você desde os primeiros momentos na Sierra Maestra e não ter percebido com devida rapidez suas qualidades de líder revolucionário.....



Se minha hora final me encontrar debaixo de outros céus, meu último pensamento será para o povo e especialmente para ti, que te digo obrigado pelos teus ensinamentos e pelo teu exemplo, ao que tentarei ser fial até ás últimas ....



CAMARADA JOÃO EZEQUIEL!

Venho a público manifestar meu sentimento de irmão que tenho para com você,a quem tenho procurado acompanhar em todos os atos Públicos e reuniões.Quero que saibas camarada que desde o principio confiei em seu teor revolucionario.

Pois vejo a sua devoção e seu amor pela revolução.

Lembrarei para sempre ,quando em um ato dos municiparios na frente da prefeitura você me passou o microfone me fazendo discursar pela primeira vez.Quebrando um gelo que havia entre meus estudos revolucionarios e a pratica.Senti

que a vida toda me preparou para aquele momento e você com a sensibilidade e percepção de um verdadeiro representante do povo me deu o empurrão que faltava.

Quero dizer camarada ,que em nosso ato na FASC você com muita responsabilidade se mostrou o tempo todo preocupado

em não nos atrazarmos para a reunião que teriamos depois do ato sobre as eleições ocorridas no sindicato dos carteiros.

E sua preocupação em conversar com os camaradas sobre suas reivindicações.

Mas durante o ato sua presença foi reivindicada na mesa de negociações com a chefia,e eu fiquei la a tarde toda esperando por você para irmos a reunião marcada na sede do PSOL.

Logo que a reunião com a chefia da FASC acabou ,saimos voando para a sede com o intuito de conversarmos com o camaradas do correio.Mas infelizmente nos atrasamos,e mais uma vez com toda a responsabilidade você ligou imediatamente para os camaradas pra explicar o nosso atraso.

Pois Buenas!

Deixo aqui este pequeno relato de quem esteve com você em todo este processo e sabe de sua verdade que é uma verdade autentica de um irmão da revolução.

quinta-feira, 10 de junho de 2010



MESTRE FABIAN TUBINO
*AULAS PERSONAL
-MUAY THAI
-BOXE
-DEF.PESSOAL
-COND.FISICO

FONE(O51)81661746
email:campeaofabian@hotmail.com
MSN:fabianthai@hotmail.com


A construção do homem novo atravéz do esporte:
O esporte tem uma contribuição importante pra sociedade sob o ponto de vista de que sua prática regular promove saúde e bem estar, fornecendo melhor qualidade de vida, assim como permite maior sociabilidade ao apromixar os adeptos das mesmas modalidades.
Além disso, o esporte permite a ocupação dos jovens, evitando suas debandadas para a criminalidade.
Os eventos esportivos permite a interação entre culturas diferentes, como nas Olimpíadas, o que torna as pessoas mais tolerantes com os diferentes comportamentos humanos.
Também é uma oportunidade de trasmitir alegria mesmo em momentos de dor, como ocorreu com a seleção iraquiana, campeão recentemente da Copa da Ásia de futebol, mesmo em meio a guerra, o povo saiu nas ruas pra comemorar a conquista, mesmo sob o risco de atentados, na seleção do Iraque havia sunitas, xiitas, curdos e cristãos, povos que vivem em guerra civil, mas que formaram um time vencedor quando trabalharam juntos.
O esporte pode ser também um meio de inserção na sociedade, como os atletas do para-pan, de superação de limites, com os recordistas mundiais e até de propaganda política, como ocorreu durante a Guerra Fria com os boicotes de EUA e URSS, quando os jogos olímpicos ocorreram em 1980 em Moscou (por parte dos americanos) e em 1984 em Los Angeles (por parte dos soviéticos), ou de protesto, por parte dos atletas americanos que levantaram luvas negras no pódio olímpico de 68, revoltados com o racismo que ocorria nos Eua.

A LUTA (texto de 1 aluno descontente com a realidade atual)
Infelizmente vivemos em um tempo onde não temos direito a quase nada, todos deveres, muita submissão e poucas oportunidades. Estamos cansados desta situação; chega de viver de cabeça baixa vendo e aceitando tudo que nos é imposto.E ai poderíamos citar inúmeros fatos que nos fariam enjoar, mas nós praticantes de Artes Marciais temos a pretenção de levantar outra bandeira, a da resistência. E quando falamos em resistência, falamos em não ser um rebanho de ovelhas a disposição da delinqüência latente que nos cerca, onde qualquer vagabundo nos aborda e tem a sua disposição um ser ridículo em sua passividade.Quando penso em Artes Marciais e mais especificamente em Muay Thai busco a origem desta arte e deparo-me com uma situação semelhante a que nos encontramos nos dias de hoje.Explico: No passado quando o povo tailandês buscava seu espaço no mundo, inúmeros riscos o cercavam, então foi necessário que revidassem de maneira eficaz.Assim como os tailandeses nos encontramos em um momento delicado onde se faz necessário que tomemos uma providencia, mas não estou pregando a reação sem controle, mas quem estuda e treina Artes Marciais encontra condição para determinar o grau de risco e qual será a melhor maneira de revidar a uma agreção,não estou dizendo que todos sobreviverão, mas antes morrer lutando a perecer de joelhos.

Luciano Moraes
Associação Guaíba Muay Thai

Ps.: Para um grande Mestre e amigo Fabian Tubino! (Campeão Fabian)

matéria em jornal

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Discurso em reunião do núcleo sindical

boa noite companheiros e companheiras!

Quero fazer uma saudação aos camaradas e um agradecimento

ao camarada João Ezequiel por ter me convidado a participar

desta reunião.

Buenas!

durante muitos anos eu fiz teatro politico aonde de Arto a Bertold Brecht

destacavamos a importancia do desenvolvimento intelectual e artistico

para nos tornarmos autentico revolucionarios.

Foi apartir dai que tive a oportunidade de conhecer e debater com

dirigentes de esquerda o que me levou em seguida a me tornar um militante.

Mas ja hà 16 anos eu dou aula de artes marciais ,e ao longo destes anos

ja passaram por mim cerca 5.ooo(cinco mil)alunos e me tornei conhecido em todo o estado do RS .E é por essa categoria que hj travo uma luta pelos nosso direitos trabalhistas.

Para tanto realizamos o fórum de artes marciais onde esteve presente mestres conhecidos em todo o estado,a vereadora Fernanda Melchionna e a nossa deputada federal Luciana Genro que contribuiu conosco protocolando o projeto de lei 6933/2010 ao qual

nos reconhece como categoria e nossos direitos trabalhistas.

Buenas!

Este fórum tem carater permanente e sera realizado outras etapas de forma a ampliarmos este debate.

Queria deixar aos camaradas meu nome a disposição para uma possivel candidatura uma vez que com certeza eu traria muitos votos para a legenda.

boa noite a todos e saudações socialista!

sexta-feira, 4 de junho de 2010

fórum de artes marciais etapa 2

No dia 30 de maio foi realizado a 2ª etapa do fórum de artes marciais. Forum este que se propõe a levar pra frente o projeto de lei 6933/2010(deputada federal Luciana Genro)que reconhece a categoria e seus direitos trabalhistas. O fórum também debate o futuro das artes marciais com palestras sobre:medicina desportiva,pedagógia nas artes marciais,projetos de inclusão social,associações e federações atuantes,disciplina nas artes marciais,cultura oriental e ocidental. Procurando sempre abrir as portas para um amplo debate e novos temas predominantes. O evento contou com a presença dos mestres e professores:Carlos Alberto,Marcio Miranda,Giuliano Andreoli,Enildo Pacheco,Nino Alves e Claudio Machado. Também esteve presente a vereadora Fernanda Melchionna,o estudante de educação fisica Celedo Neto,o est.de historia Rafael Policeno,a prof:de historia da ULBRA Regina Curtis e o poeta Renato Mattos. A cerimonia do evento ficou por conta do mestre Fabian Tubino que também é estudande de serviço social e pré-candidato do PSOL.