Pesquisar este blog

quarta-feira, 24 de maio de 2017

A falacia da meritocracia!!

um pequeno trecho do meu TCC sobre meritocracia e defict de atenção:
Como já afirmamos a meritocracia não leva em conta a subjetividade e complexidade do individuo por exemplo uma pessoa TDAH pode nem saber que tem déficit de atenção se não for diagnosticado ou ainda ao saber do fato passa por vários dilemas tais como descrevermos em seguida:
O chefe de seu setor lhe da uma tarefa de organizar uma papelada mas esquece de passar uma informação, que seria o de guardar estes papeis após organizado em uma determinada pasta.
Depois de executar a tarefa o TDAH não sabe onde guardar os papeis e começa a questionar a si próprio se não faltou com atenção quando lhe foi dado a tarefa.
O chefe ao ver os papeis fora da pasta questiona seu subalterno do porque não os guardou na pasta (mas na realidade foi o chefe que esqueceu de mencionar a pasta)
O TDAH fica confuso sente-se mal , sente-se irresponsável pois acha que esqueceu ,que não prestou a devida atenção porque sabe que tem déficit.
Vejamos por outro ângulo , o chefe sabe que seu subalterno tem déficit e começa a trata-lo como um individuo incapaz e não lhe passa determinadas tarefas.
Ou ainda voltando a o primeiro ponto o chefe lembra-se que esqueceu de dar a informação da pasta mas por orgulho próprio e sabendo que o individuo tem déficit propositadamente deixa o seu subalterno achar que foi ele que esqueceu.
Ocorre que os fatos descritos caem muito bem em um mundo meritocratico, pois ao julgar as pessoas por méritos elas irão preferir esconderem seus erros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário